Blog > Stories @Axians > "Tive a sorte de me juntar a uma equipa inspiradora.”

O Miguel passou por uma das piores experiências da sua vida depois da filha recém-nascida ser diagnosticada com uma doença rara. Foi à procura de apoio e lutou para dar à sua filha uma nova oportunidade de viver. Sem solução à vista, contou com a sua família – e com o seu manager. Esta é a história do Miguel @Axians.

 

O Miguel estava prestes a tornar-se pai quando se juntou à Axians. Era o próximo passo, que tanto esperava, na sua carreira. Teve a sorte de se juntar a uma equipa com muitos outros pais, que se tornaram aliados, fonte de inspiração e encorajamento.

Mas então, a filha do Miguel foi diagnosticada com uma doença rara. Miguel e a família sofreram um duro golpe, já que os médicos estimavam que a filha teria apenas dois anos de vida. Por esta altura, Miguel sentiu a necessidade de explicar a sua situação pessoal ao seu manager. Com receio de se tornar um fardo para a organização, tinha decidido demitir-se.

“Quando liguei à minha manager para explicar o que se passava, senti do outro lado compaixão e apoio genuínos. No dia seguinte, recebi um e-mail a expressar como a Axians faria qualquer coisa para ajudar. Foi uma breve nota, mas significou muito. Percebi que a Axians investe no potencial de longo prazo que vê nos seus colaboradores, o que me ajudou a avançar.”  

Miguel estabeleceu um horário flexível para conseguir tomar conta da filha. Passo a passo, lutou para conciliar a vida profissional e pessoal. Naqueles momentos difíceis, “tentei lembrar-me de que, como tudo, também isto passaria”.

Assumir o duplo papel de cuidar da filha enquanto continuava a trabalhar na Axians foi particularmente assustador durante a pandemia de Covid-19. À medida que a pandemia alastrava, o acesso a cuidados hospitalares tornou-se ainda mais difícil.

Depois de várias consultas médicas, reuniões com investigadores e até aparições televisivas, especialistas nos EUA sugeriram um novo tratamento que se viria a revelar decisivo. Foi um longo processo de recuperação para toda a família, mas, gradualmente, o Miguel recuperou a motivação.

Ao longo destes últimos meses, só senti gentileza e compreensão por parte dos meus colegas e gestores na Axians. Embora possa ser difícil encontrar aspetos positivos em tempos tão sombrios, guardo na memória os momentos especiais que tivemos juntos durante a pandemia”.

 

Encontra um emprego como o do Miguel